Preparativos: Celebrante (Parte 1)

Uma coisa está certa para o casamento... a cerimônia será no local da festa. Por vários motivos optamos por isso, mas o principal é praticidade... Já fui em casamentos onde a cerimônia ocorreu no local e achei ótimo não ter que me deslocar da igreja para o salão e ter que ficar procurando vaga para estacionar o carro. O noivo também gostou da ideia e não seria a primeira vez que isso aconteceria tanto na minha família quanto na dele. Então decidido!

A família do meu noivo é basicamente católica e a minha é católica/espírita pelo lado da minha mãe e luterana pelo lado do meu pai. Sei que a Igreja Católica não aceita que casamentos sejam celebrados fora da igreja, porém, eu sou batizada na Igreja Luterana, o que facilita um pouco as coisas nesse caso, já que os pastores podem realizar bênção fora da igreja. Então o noivo aceitou que chamássemos o pastor para dar a bênção para nós.

Aqui em São Paulo, existem poucas Igrejas Luteranas (a que fica mais perto da minha casa está a cerca de 15 Km de distância). Inclusive nem fui batizada aqui em São Paulo, mas sim em Ferraz de Vasconcelos, uma cidade vizinha. Então para não ter que me deslocar até lá, mandei um e-mail (igreja moderna é assim... tem e-mail!) perguntando algumas coisas.

olha que gracinha a igreja onde fui batizada
No dia seguinte recebi a resposta da presidente da igreja dizendo que sim, não há problema o pastor realizar a bênção fora da igreja, mas que eu teria que conversar com ele antes e para isso eu poderia ir lá em Ferraz ou se necessário, poderia agendar uma visita que o pastor poderia fazer uma visita também, como eu preferisse (pastor à domicílio?).

Neste mesmo e-mail a ela também perguntava se a minha família ainda morava onde moramos hoje (ela comentou o nome do bairro)........

....... Mas peraí....... eu assinei o e-mail só com meu primeiro nome! Das duas uma... ou eu sou a única Francine batizada naquela igreja ou a senhorinha é bem espertinha e descobriu meu sobrenome no e-mail... acho que ela é espertinha mesmo...

Igreja moderna é assim... faz mais de 20 anos que não apareço lá e eles ainda sabem até onde eu moro! Depois volto para contar como foi a conversa com o pastor...

Pois bem... agendamos de conversar com o pastor no dia 23 de novembro do ano passado, após o culto. O Gil estava morrendo de sono, pois não tinha dormido direito no sábado por causa do enterro da minha avó e nem domingo, porque estava com um aparelho de medir pressão por causa de um exame. Mas fomos à igreja assim mesmo.

(Obs: sim... o fato aconteceu no fim do ano passado e só estou contando agora... mas vocês vão entender o porquê... e vão querer me matar... eu sei...)

Chegando lá, eu descobri como é estranho visitar um lugar quando criança e voltar depois de adulta. Tinha a impressão de que era tudo maior, mas chegando lá achei tão pequenininho... Mas continuava igualzinha! O mesmo piso, a mesma cruz, o mesmo patio com pedrinhas... tudo igualzinho!

O sino já estava tocando para chamar as pessoas para o culto, então entramos na igreja. Estava meio vazia, e achei estranho de não ver o pastor por lá. Tinha um casal cuidando da liturgia e um senhor fez a pregação... mas nada do pastor.

Ao final do culto, descobri quem era a sra. que tinha me atendido por e-mail e fui conversar com ela. Pois é... o pastor estava viajando para dar uma palestra e havia esquecido que tinha marcado comigo... então fiquei de reagendar a conversa...

(continua.... huahuahuahua... o outro post está pronto e vai ao ar amanhã)

Comentários

  1. eita agora fique curiosa!
    beijos
    Ki
    www.donakizzy.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eita Frannn nem casou a já está deixando a gente ansiosa com este continua kkkk

    bjos

    ResponderExcluir
  3. To aguardando este continua... rsrs
    Bjs
    casadolaguna.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Fran...mas vc ja tem continua antes do casei rsrsrs tamo perdida
    bjo

    ResponderExcluir
  5. Fran...
    Meu noivo e eu somos católicos e bem praticantes por sinal...rsrs
    Mas vamos casar ao ar livre no mesmo local da festa que será externa e então contratei um celebrante, existe isso aqui... achei que seria meio frio isso tudo, mas na nossa primeira conversa até o noivo se debulhou em choro, foi tudo muito bom, emocionante e sei que será assim no dia... Com Deus presente acima de tudo...
    Quero saber desse continuaaaaa... to curiosa agora :P

    Beijinhos!

    http://laresmeraldafeliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente, opine. Ficarei muito feliz!

Postagens mais visitadas deste blog

Cama Box: Saias

Piso Laminado

Armários sem puxadores?